Uma ação conjunta do Escritório da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) no Brasil, da Adidância Policial de Israel na América do Sul e da Polícia Federal da Argentina resultou na prisão de dois israelenses foragidos da Justiça brasileira. De acordo com a polícia argentina, Itshak Habub e Reuven Babai foram detidos ontem em Buenos Aires depois da troca de informações das instituições policiais dos três países.

Habuf e Babai estavam presos no presídio de Itaí, no interior paulista, e foram beneficiados com a saída do final do ano. Eles teriam que retornar à cadeia no dia 5 de janeiro, mas não se apresentaram. A dupla foi localizada depois de dar entrada em um pedido de emissão de novos passaportes na Embaixada israelense em Buenos Aires. A Adidância Policial de Israel comunicou o Escritório da Interpol no Brasil e a Polícia Federal argentina, que realizou as prisões.

Ainda segundo a corporação argentina, os dois foram presos em dezembro de 2002 com outros quatro israelenses. Eles foram flagrados na capital paulista com 60 mil pontos de LSD e acabaram condenados a oito anos de prisão. Ambos tinham cumprido seis anos. O Escritório da Interpol no Brasil já providenciou junto à Vara de Execuções de Avaré a ordem de recaptura e o início do processo de extradição. A dupla ficará sob custódia da Polícia Federal da Argentina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.