Presos fazem rebelião em Feira de Santana, na Bahia

SALVADOR - Os 620 presos do Conjunto Penal de Feira de Santana (BA), 110 quilômetros a oeste de Salvador, iniciaram nesta segunda-feira uma rebelião para pedir agilidade no julgamento de ações, por causa da superlotação na unidade, que comporta 340 presos. Segundo a Superintendência de Assuntos Penais da Bahia, os detentos, apesar de se negarem a voltar às suas celas, não promovem atos de violência dentro do presídio.

Agência Estado |

O superintendente, Francisco Leite, e o diretor da unidade, Edmundo Dumet, se reuniram para analisar a situação. Até o começo da tarde, a reunião não havia terminado. Na manhã desta terça-feira, foi interrompido o fornecimento de água, comida e energia elétrica na unidade.

Leia mais sobre: rebeliões

    Leia tudo sobre: feira de santanapenitenciáriapresídiosrebelião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG