Dois suspeitos de envolvimento com um grupo neonazista do Rio Grande do Sul foram presos nesta madrugada em Porto Alegre após uma tentativa de homicídio, de acordo com informações do delegado Paulo César Jardim. Quatro jovens estavam urinando, no início da madrugada, no saguão de uma estação de trem da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb), no centro da capital gaúcha, quando um vigia os abordou.

Houve discussão e, segundo o delegado, eles xingaram o funcionário, que é negro, referindo-se à cor da pele dele. O vigia, ferido com uma facada no pescoço, foi socorrido ao hospital. Os jovens, de acordo com o delegado, também estavam com martelo e facas.

Dois deles foram presos e dois, já identificados, conseguiram fugir. Os dois presos possuem antecedentes criminais, como tentativa de furto e homicídios. Eles foram encaminhados para o Presídio Central de Porto Alegre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.