Presos acusados de atear fogo em moradores de rua no DF

Vítimas tiveram os corpos encharcados com um líquido inflamável por um grupo de pessoas. Quatro foram presos nesta terça-feira

AE |

selo

Quatro homens foram presos em cumprimento a mandados de prisão temporária acusados de terem incendiado dois moradores de rua em Santa Maria, cidade a 26 quilômetros do Plano Piloto, no Distrito Federal, no último dia 26 de fevereiro.

Leia também: Médico vê aumento de violência contra moradores de rua no Distrito Federal

José Edson Freitas, de 26 anos, Paulo César Maia, de 42 anos, tiveram os corpos encharcados com um líquido inflamável por um grupo de três pessoas, aparentemente adolescentes. 

Eles foram levados ao Hospital Regional da Asa Norte. Freitas estava com 63% do corpo atingido pelas chamas e não resistiu aos ferimentos. Maia está internado e sofreu queimaduras no braço esquerdo, nas duas pernas, no rosto e no órgão genital. Ele ainda corre risco de morte.

No Recife: Morador de rua tem 45% do corpo queimado no Recife
Em São Paulo: Moradores de rua são agredidos por seguranças de mercado

    Leia tudo sobre: distrito federalmoradores de ruapresos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG