Testemunhas fizeram o reconhecimento e acusados foram levados ao presídio de Caraguatatuba

selo

Cinco pessoas foram presas no Guarujá, no litoral de São Paulo, suspeitas de integrar uma quadrilha que roubou, na madrugada da última sexta-feira, uma joalheria em Ilhabela, em São Paulo. No dia seguinte ao assalto, um dos suspeitos foi detido. Ele confessou ter guardado na pousada em que trabalha uma sacola com armas e um barco que teria sido usado na ação, que durou cerca de 20 minutos. Na segunda-feira, os outros quatro suspeitos foram localizados. Testemunhas fizeram o reconhecimento. Eles foram levados para a Cadeia de Caraguatatuba.

Segundo a Polícia Civil, a quadrilha atracou no píer o barco em que estava e, depois de render alguns pescadores, invadiu a loja. O grupo fugiu no barco com joias e outras mercadorias. O valor do prejuízo ainda não foi divulgado. Até agora, o material roubado não foi recuperado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.