A polícia prendeu uma quadrilha especializada em roubo de clínicas de oftalmologia. Os principais alvos eram equipamentos, de custo médio de R$ 30 mil, usados em exames.

Eles eram revendidos por uma empresa de Osasco, na Grande São Paulo. Cinco pessoas foram detidas - quatro homens e uma mulher. As prisões feitas pelo Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) ocorreram ontem, mas foram informadas hoje.

Três dos suspeitos simulavam representar uma empresa especializada em material oftalmológico. De acordo com o Deic, o roubo acontecia durante a "apresentação do novo produto", quando sacavam dois revólveres calibre 38. Os equipamentos, levados para a empresa em Osasco, eram oferecidos em sites especializados a valores 50% abaixo dos preços de mercado. Os suspeitos foram autuados por formação de quadrilha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.