Presos 2 suspeitos de matar prefeito de cidade do PR

A polícia do Paraná prendeu ontem dois suspeitos de envolvimento na morte do prefeito do município paranaense de Rio Branco do Sul, Adel Rutz (PP), e identificou outros dois. O prefeito foi assassinado com cinco tiros na noite de segunda-feira ao chegar em sua casa, no centro da cidade.

Agência Estado |

Rutz chegou a ser encaminhado ao Hospital Municipal de Rio Branco do Sul, mas não resistiu aos ferimentos: dois tiros nas costas, um no peito, um na perna e um no pé.

Testemunhas disseram que um motociclista fechou o carro, enquanto a pessoa que estava na garupa disparou contra o prefeito, de 36 anos. Foram pelo menos 15 tiros que atingiram o veículo e as lojas próximas. Um parente do prefeito perseguiu a moto e conseguiu derrubá-la, mas os dois ocupantes fugiram a pé, embrenhando-se em uma mata. A polícia descartou apenas a hipótese de latrocínio, já que nada foi roubado. A moto tinha sido roubada em novembro do ano passado no município vizinho de Itaperuçu.

Durante o velório, na terça-feira, familiares e assessores do prefeito afirmaram que ele não tinha nenhuma inimizade nem teria relatado qualquer ameaça. Além disso, mantinha uma relação tranquila com a Câmara de Vereadores. Ele recebeu 65% dos votos nas eleições de 2008, o maior porcentual já registrado na cidade. Ex-vereador, Rutz tinha se separado da mulher havia pouco tempo. Ele deixa dois filhos, de 5 e 15 anos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG