Presos 2 por seqüestro de filho de Maurício de Sousa

Dois homens suspeitos de participar do seqüestro do filho do desenhista Mauricio de Sousa, Marcelo, foram presos hoje em São José dos Campos, no Vale do Paraíba. Policiais da Delegacia Anti-seqüestro descobriram que Alexandro Rodrigues de Souza, de 24 anos, e Francisco Leandro Santos, de 29 anos, conhecidos pelo apelido de Lê Branquelo e Gordão, respectivamente, chegaram à mercearia do avô de Marcelo, no bairro Interlagos, e renderam as vitimas.

Agência Estado |

"Eles foram os responsáveis por levar as vitimas para os cativeiros", contaram os policiais.

Marcelo de Sousa foi seqüestrado junto com a mãe, Marinalva Pereira dos Santos, e com o meio-irmão, Vitor Hugo dos Santos, de 2 anos, no dia 19 de março. Os três passaram por quatro cativeiros e foram libertados na noite de 6 de abril. Os policiais chegaram aos suspeitos por meio do Serviço de Inteligência. Eles estavam em suas casas, na periferia de São José dos Campos. Os dois negaram a participação no seqüestro. Ainda segundo investigações, Alexandro comandava o tráfico de drogas na zona leste do município e seria um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Ele tem passagens pela polícia por tráfico de drogas e homicídio e já teria participação em outros seqüestros.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG