O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, iniciou na manhã de hoje, em Pernambuco, uma operação de repressão a traficantes de animais silvestres. Minc está comandando as ações.

Segundo o ministro, esta é a maior operação do gênero realizada no País. Ao todo, serão apreendidas 1.206 aves, um tatu, 15 jabutis e um veado catingueiro. Treze pessoas foram presas.

Só no cativeiro do suspeito André Pereira da Silva, de 29 anos, na subida do morro do Bom Jesus, no centro de Caruaru, foram apreendidos 200 pássaros, entre galos de campina, jandaias, papa-capim, canários da terra, curiós e bem-te-vis. As aves são compradas por R$ 5 e vendidas a até US$ 3 mil na Europa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.