Preso trio após manter 30 reféns em abatedouro em SP

Três homens foram presos acusados de assaltar e manter 30 pessoas reféns, entre funcionários e clientes, em um abatedouro de frangos no município de Jumirim, no interior de São Paulo. A ação ocorreu na sexta-feira.

Agência Estado |

De acordo com a polícia, por volta das 14 horas, W.J.Q., de 29 anos, M.W.P., de 20 anos, e o torneiro mecânico B.A.S., de 23 anos, invadiram o matadouro e roubaram R$ 5 mil do estabelecimento. Além do dinheiro, o trio é acusado de roubar celulares, joias e um relógio, pertencentes às pessoas que estavam no local.

Só que entre os reféns havia um guarda municipal, de 34 anos, que conseguiu despistar os suspeitos e, por telefone, acionou a Polícia Militar (PM). Ao perceberem que viaturas da PM e da Polícia Civil haviam cercado o local, P. e Q. exigiram garantias para que se entregassem. Durante a negociação, o advogado da dupla foi chamado. Com a chegada dele, as armas foram entregues, e P. e Q. se renderam. Já algemados, os dois admitiram ter participado do crime.

O terceiro suspeito conseguiu fugir antes do cerco policial. Ele correu para a mata levando todo o dinheiro roubado da empresa. No fim da tarde, após diversas buscas na região, S. foi encontrado pela PM. Com ele, foram localizados os R$ 5 mil roubados e um revólver calibre 38.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG