Preso terceiro suspeito de matar dois policiais no Amazonas

Segundo a polícia, ainda falta prender outros dois supostos traficantes que teriam participado do confronto com policiais

AE |

selo

A Polícia Federal (PF) prendeu na madrugada de sábado o terceiro dos supostos assassinos de dois policiais federais em novembro do ano passado. O peruano Isaac Gady Vasquez Tamani, de 28 anos, foi encontrado próximo ao local onde houve o confronto entre os policiais federais e os supostos traficantes em Anamã, a 170 quilômetros de Manaus. 

Em 17 de novembro do ano passado, durante perseguição no Rio Solimões a um barco onde estariam sendo transportados 300 quilos de cocaína, foram mortos os policiais federais Leonardo Matzunaga Yamaguti, de 26 anos, e Mauro Lobo, de 43 anos.

De acordo com a assessoria da PF, enterrados num local próximo onde foi efetuada a prisão de Tamani, foram encontrados dois fuzis com cinco pentes de munição. Agora, segundo a assessoria, falta prender outros dois supostos traficantes que teriam participado do confronto com os policiais. 

Os dois fugitivos seriam conhecidos como Negro e Jeringa. Segundo Tamani, os três estavam juntos, mas eles conseguiram fugir com a chegada da polícia. Tamani foi enviado hoje para a Cadeia Pública Vidal Pessoa, em Manaus (AM).

    Leia tudo sobre: Amazonaspoliciaassassinato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG