Preso suspeito de matar coordenador do AfroReggae

O serviço de inteligência da Polícia Militar (PM) prendeu ontem à noite Rui Mário Maurício Machado, suspeito de ser um dos homens que assaltou e matou o coordenador de projetos sociais do grupo AfroReggae, Evandro João da Silva, de 42 anos, no centro do Rio de Janeiro, na madrugada do dia 18. Ele foi preso próximo ao local do crime e seria, segundo a PM, morador do centro da cidade.

Agência Estado |

O suspeito foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia, na Praça Mauá, para prestar depoimento.

O coordenador do AfroReggae foi morto durante um assalto, depois de sair de um bar. Ele foi abordado por dois homens, travou luta com eles e levou um tiro. Os criminosos levaram o tênis e a jaqueta de Silva. No entanto, as imagens de câmeras de segurança de prédios próximo ao local do crime revelaram que, depois de atirar em Silva, os dois homens foram abordados por policiais militares que ficaram com os objetos furtados, não prenderam os assaltantes e não socorreram Silva.

Desde sexta-feira, o capitão Dênis Nogueira Bizarro e o cabo Marcos Salles Oliveira estão presos por determinação da Justiça. Além deles, os outros dois PMs que aparecem nas imagens também estão sendo investigados porque passaram pelo local onde o coordenador estava jogado na rua e não o socorreram.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG