Preso suspeito de liderar grupo que matou policial em SP

Policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) e do Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado (Deic) prenderam hoje Fernando Henrique Matayosi Lopo, o Gordo . Ele é acusado de ser o quarto integrante e líder da quadrilha que na quarta-feira matou o policial civil Agenor Donizete Ferreira durante um assalto a uma lan house, no Jaçanã, zona norte de São Paulo.

Agência Estado |

Segundo a polícia, dois homens entraram na lan house e um deles começou a preencher um cadastro. Depois, os outros integrantes da quadrilha chegaram ao local e anunciaram o assalto. Os bandidos levaram celulares de clientes e dinheiro do caixa da lan house.

No momento em que os suspeitos desligavam os computadores, o policial teria tentado reagir e acabou baleado na cabeça. Uma Kombi levaria as máquinas embora, mas a quadrilha acabou deixando os equipamentos no local. Ferreira foi socorrido ao Hospital Municipal São Luiz Gonzaga, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele trabalhava no Garra há quase cinco anos e desde 2008 atuava no cargo de encarregado do Grupo Especial de Motociclistas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG