Preso simula suicídio e foge de delegacia

Um homem detido por não pagar pensão alimentícia fugiu pela porta da frente do 18º DP, no Alto da Mooca, zona leste da capital, na noite de quarta-feira, 7, após fingir cortar os pulsos para cometer suicídio. Eduardo Fares Farah, 44 anos, simulou os cortes e os presos começaram a gritar por socorro, segundo a Polícia Civil.

Agência Estado |

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e, durante os exames, já fora da cela, Farah se levantou e saiu correndo.

Um investigador teria perseguido o fugitivo dentro da delegacia, mas se acidentou no caminho. Até a manhã desta quinta-feira, 8, Farah não havia sido localizado. A carceragem do 18º DP reúne 62 presos, todos por não pagamento de pensão alimentícia.

    Leia tudo sobre: são paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG