O acusado de ser um dos maiores estelionatários do eixo Rio de Janeiro e São Paulo, segundo a Polícia Federal, foi preso nesta quinta-feira em Niterói, no Rio, por prática de fraudes no comércio com cartões de crédito.

José Guilherme Cárdia Soares, de 34 anos, foi preso em razão de mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal de Teresópolis, no Rio de Janeiro.

O preso, de acordo com a PF, agia nessa prática criminosa desde 2000. Ele chegou a ser preso pela própria Polícia Federal, no ano de 2005, mas saiu logo depois em liberdade e nunca mais foi encontrado, sendo dado como foragido pela Justiça.

A prisão ocorreu em sua residência no bairro de Icaraí, onde foram apreendidos farta quantidade de cartões de crédito clonados e um laptop.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.