O acusado de matar uma menina de 7 anos durante uma briga com o padrasto da vítima, em Itaboraí, na região metropolitana do Rio de Janeiro, foi preso ontem no Ceará. Ele foi capturado pelos agentes na casa de sua mãe, na cidade de Guaraciaba do Norte, localizada a 300 quilômetros da capital Fortaleza.

A briga teria sido motivada pela cobrança de uma dívida de R$ 1.700.

O rapaz, de 24 anos, é acusado do assassinato de Talita Ferreira da Silva, ocorrido no início de fevereiro. Ele é apontado como autor do disparo que matou a criança - ela foi atingida com um tiro na cabeça - durante discussão entre o padrasto dela, Renato Wallace Rodrigues de Oliveira, e o suspeito. Segundo a polícia, o acusado ainda tentou atirar na filha de 9 meses de Oliveira, mas a arma não funcionou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.