Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Preso em SP suspeito de matar ganhador da Mega-Sena

A Polícia Civil de Limeira, município a 151 quilômetros de São Paulo, prendeu hoje Diego Sebastião dos Santos, que confessou ter matado com um tiro no peito o comerciante Altair Aparecido dos Santos, na noite do dia 16 de novembro. A vítima era um dos 14 ganhadores de um prêmio de R$ 16 milhões da Mega-Sena em maio do ano passado.

Agência Estado |

No inquérito policial sobre a morte do comerciante, Diego deve ser enquadrado no crime de latrocínio - roubo seguido de morte.

De acordo com o titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), João Batista Vasconcelos, a polícia chegou a Santos por meio de denúncias anônimas. Fugitivo da penitenciária Professor Ataliba Nogueira, no município paulista de Campinas, o suspeito já foi condenado a 13 anos de prisão por dois casos de roubo, cumpriu três anos de uma das penas e fugiu da cadeia no dia 4 de outubro.

Em entrevista, na Delegacia Seccional de Limeira, o suspeito afirmou estar arrependido. "Peço desculpas à família do rapaz. Não queria arrancar uma vida." Diego contou que pretendia roubar a residência de Altair dos Santos, no Condomínio Residencial Portal das Flores. "Atirei porque ele reagiu", afirmou. À polícia, ele disse que não atirou para matar, mas para advertir a vítima. Aos jornalistas, o suspeito contou que, ao vê-lo armado, o comerciante pegou um cabo de vassoura e caminhou em sua direção.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG