Um técnico em informática de 48 anos foi preso nesta manhã em Suzano, na Grande São Paulo, por suspeita de envolvimento com um rede de pedofilia com ramificações em sete países. Segundo o Ministério Público Estadual, a casa do suspeito era usada para encontros entre pedófilos e menores de idade.

Ele convidava as vítimas para jogar videogame e a usufruir da piscina da casa. Equipamentos de informática e documentos foram apreendidos na residência do técnico. As investigações começaram há três meses após uma denúncia anônima.

Pelo menos seis vítimas, todas menores de idade e de famílias carentes, prestaram depoimento nesta tarde.

O técnico em informática poderá ser acusado por exploração sexual de menores, formação de quadrilha e corrupção de menores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.