A Polícia Rodoviária Federal prendeu ontem Carlos Alberto de Souza Moreira, de 56 anos, acusado de praticar estelionato no Rio de Janeiro, em Goiás, na Bahia e em Mato Grosso. Ele foi detido na altura do km 387 da rodovia BR-364, na saída de Cuiabá para Rondonópolis.

Segundo a polícia, o acusado tinha acabado de aplicar um golpe em uma loja de Cuiabá e estava saindo da cidade com os objetos adquiridos utilizando documentos falsos. Durante revista realizada no interior do veículo foram localizados uma impressora, um notebook e um monitor de 17".

Ao ser questionado sobre a procedência dos produtos, Carlos disse ter adquirido em uma loja do Shopping Pantanal, em Cuiabá, pela quantia de R$ 1.200,00. Porém, foi localizada no interior do veículo uma nota fiscal no valor de R$ 2.348,98, referente à compra das mercadorias, juntamente com vários cartões de diversas lojas e várias folhas de cheques em nome de terceiros, além de um RG falso.

Ainda de acordo com a polícia rodoviária, Carlos também portava uma maleta com diversos números de CPF, RG e contratos de empresas em nome de terceiros que, segundo o acusado, foram comprados pela quantia de R$ 100,00 cada e que seriam utilizados para aplicar novos golpes em Cuiabá.

Segundo as informações da polícia, o acusado utilizava contratos de empresas fictícias e se passava por proprietário de empresas de construção para fazer os cadastros nas lojas. Sempre muito bem vestido e tratando os funcionários educadamente, ele disse não ter tido dificuldade em realizar as compras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.