Preso é espancado até a morte em CDP de Sorocaba

Um preso foi espancado até a morte em uma cela do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba, no final da noite de sábado. Luiz Cássio do Prado, de 21 anos, o "Fininho", havia sido preso sob a acusação de tráfico de entorpecentes na manhã do mesmo dia.

iG São Paulo |

Um preso foi espancado até a morte em uma cela do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba, no final da noite de sábado. Luiz Cássio do Prado, de 21 anos, o "Fininho", havia sido preso sob a acusação de tráfico de entorpecentes na manhã do mesmo dia. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba revelou que ele morreu de hemorragia causada por ruptura de vários órgãos, além de ter apresentado fraturas múltiplas e outros traumas. De acordo com a administração da unidade, ele era traficante e teria sido morto por conta de dívidas contraídas com o tráfico.

Participaram do crime três agressores e um mandante, que teria dado a ordem por telefone, já que está preso em outra unidade prisional. O autor da ordem de execução seria ligado a uma organização criminosa que atua em presídios. Em 2008, Fininho havia cumprido um ano e oito meses de detenção na mesma unidade por tráfico de entorpecentes. É o primeiro caso de morte no CDP nos últimos dez anos. A unidade tem capacidade para 576 detentos, mas abriga cerca de 1.300.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG