Preso acusado de provocar incêndios em Canoas, no Rio Grande do Sul

PORTO ALEGRE - Um homem de 42 anos foi detido na madrugada desta terça-feira em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, suspeito de praticar incêndios criminosos na cidade e na região. Após tentar fugir de uma abordagem de rotina da Polícia Militar, ele foi alvejado na perna pelos policiais e socorrido no Hospital de Sapucaia do Sul.

Agência Estado |

Durante revista em sua mochila, foram encontrados três litros de álcool, cordel de detonação e cinco caixas de fósforo, além de uma pistola de brinquedo. Em sua casa, em Sapucaia, foram encontradas 43 bombas artesanais, comumente usadas em festas juninas, mais de 150 garrafas de álcool e frascos com pólvora.

Segundo o delegado Guilherme Pacífico, da 1ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento da cidade, o homem detido é suspeito de praticar vários incêndios criminosos que vêm ocorrendo na região. As bombas, segundo o delegado, são facilmente encontradas em lojas, mas juntadas aos outros materiais apreendidos na casa do suspeito, podem gerar uma grande explosão.

"O homem, que já foi temporário do Exército, possui grande informação sobre detonações e visivelmente apresenta problemas mentais", concluiu o delegado.

Leia mais sobre: incêndios

    Leia tudo sobre: incêndiorio grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG