Preso acusado de ligação com furto de obras do Masp

A polícia anunciou que deteve hoje o comerciante Alexsandro Bezerra da Silva, de 31 anos, acusado de receptação e formação de quadrilha por envolvimento no furto de duas obras do Museu de Arte de São Paulo (Masp), em dezembro do ano passado. A prisão ocorreu no Parque Guarani, na zona leste da capital paulista, numa casa em que o comerciante morava com um irmão.

Agência Estado |

Segundo o Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), Silva cedeu a casa em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, onde foram mantidos os quadros "O Lavrador de Café", de Cândido Portinari, e "O Retrato de Suzanne Bloch", de Pablo Picasso, levados do museu. Após o crime, ele deixou a residência e não foi mais visto. A prisão preventiva de Silva foi pedida pelo delegado Adilson Marcondes, do Deic, na conclusão do inquérito sobre o furto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG