A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu nesta quinta-feira em flagrante Nélson Azevedo de Almeida Junior, de 40 anos, acusado de integrar uma quadrilha de estelionatários especializada em fraudes com empréstimos consignados. Ele foi preso dentro da empresa Aneli Intermediação Financeira, no Centro do Rio.

De acordo com policiais da Delegacia de Defraudações (DDEF), havia um mandado de prisão, expedido pela 13ª Vara de Família da comarca da capital.

Foram apreendidos contratos de financiamentos em nome de aposentados, cheques roubados, além de documentos de identidade falsificados.

O acusado foi autuado por estelionato, falsificação de documento público, receptação e falsidade ideológica, cujas penas podem chegar a 12 anos de prisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.