Preso acusado de chefiar tráfico na Favela do Fumacê, no Rio

RIO DE JANEIRO - Acusado de tráfico, associação para o tráfico e porte ilegal de arma, Luiz Cláudio Nóbrega Russo, mais conhecido como Claudinho Feijão, foi preso nesta terça-feira em operação da Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae) na Favela do Fumacê, em Realengo, na zona oeste do Rio. Segundo o delegado Carlos Antônio Luiz de Oliveira, titular da Drae, Claudinho Feijão é um dos chefes do tráfico na região.

Agência Estado |

De acordo com a polícia, Feijão estava armado com uma pistola calibre 40. "Foi uma operação de rotina; agora, vamos finalizar o inquérito contra os criminosos que atuam na região, do Terceiro Comando", disse. Um total de 20 policiais participou do cerco.

A assessoria da Polícia Civil divulgou nota na qual afirma que Claudinho Feijão é "considerado um dos bandidos mais sanguinários da zona oeste" e homem de confiança de um criminoso identificado como Fernandinho Português , apontado como líder do tráfico de drogas na Fumacê.

Operação da Polícia deixa 3 mortos

Pelo menos três pessoas morreram, nesta terça-feira, durante operações da Polícia Militar nos morros do Rio de Janeiro.

No suburbio da cidade, policiais do 3°BPM realizaram uma ação para combater o tráfico de drogas na favela do Jacarezinho. Segundo a PM, dois homens, ainda não identificados, foram baleados e morreram. Com eles, a polícia teria apreendido drogas. Até o momento, quatro pessoas foram presas e mais quatro ficaram feridas. A polícia apreendeu 18 motos, um carro, uma arma calibre 40 e R$ 3 mil.  

Um suposto traficante também morreu durante troca de tiros com policiais do 19°BPM, que realizavam uma incursão na Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, zona sul. Conforme os policiais, o supeito chegou a ser levado ao Hospital Miguel Couto, mas não resistiu. A polícia afirmou ter apreendido uma arma calibre 40.  

A PM informou ainda que policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) fazem uma operação no Morro do Dendê, na ilha do Governador. Até o momento, uma pessoa foi presa e uma arma 9mm apreendida.

Leia mais sobre: violência no Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: rio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG