Preso acusado de balear policial do Palácio Guanabara

RIO DE JANEIRO - A polícia civil do Rio de Janeiro prendeu, após denúncia anônima, o suposto autor dos tiros que atingiram na última sexta-feira a capitã da Polícia Militar Raquel Santos do Nascimento, de 31 anos, no Palácio Guanabara, no Rio. Fábio de Araújo Ribeiro, de 27 anos, foi preso no mesmo dia do crime.

Agência Estado |

Ele estava escondido em uma marcenaria, no Morro do Amor, no Meier. A prisão foi feita por policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, de Niterói. Fábio, que estava baleado no pé, foi levado ao Hospital Salgado Filho, onde recebeu atendimento médico.

Os agentes conduziram o preso até o Hospital Central da PM, onde está internada a capitã, que o reconheceu como um dos homens que tentou roubá-la, no começo da sexta-feira, quando estava se dirigindo para o trabalho.

Na delegacia ele prestou depoimento confirmando sua participação na ação contra a policial militar e disse que era foragido do Estado de São Paulo.

Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: violência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG