Preso 7º suspeito de decapitar empresários em BH

Foi preso na manhã de hoje o sétimo suspeito de matar e decapitar dois empresários, no último dia 10, em um apartamento no bairro Sion, zona sul de Belo Horizonte. Conhecido como Pastor, ele já havia prestado depoimento à polícia na semana passada e foi liberado.

Agência Estado |

Hoje foi conduzido ao Departamento de Investigação.

"Pastor" é acusado de participar de uma quadrilha que teria planejado matar os empresários Rayder dos Santos Rodrigues, de 38 anos, e Fabiano Ferreira de Moura, de 36. Os dois foram torturados, decapitados e tiveram os corpos mutilados e carbonizados num terreno no Bairro Jardim Canadá, em Nova Lima. Os corpos foram localizados no mesmo dia do crime.

Apontado como chefe do grupo, Frederico Costa Flores de Carvalho, de 35 anos, foi preso no último dia 13. Ele também é suspeito de planejar diversos assassinatos.

Segundo a polícia, a quadrilha era formada por Frederico, um estudante de direito, dois cabos da Polícia Militar (PM), um garçom norte-americano e uma médica. Todos estão presos. "Pastor" será levado para o Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp), onde vai aguardar a decisão da Justiça.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG