mito da mudança climática - Brasil - iG" /

Presidente tcheco escreve 2º livro para rebater mito da mudança climática

Praga, 21 ago (EFE).- O polêmico presidente conservador da República Tcheca, Václav Klaus, dedicará seu novo livro para defender sua opinião de que a mudança climática é um mito que ameaça a liberdade e o bem-estar das pessoas.

EFE |

O livro, intitulado "O Planeta Azul em Perigo", retoma o argumento do anterior "Planeta Azul (Não Verde)", no qual defende que, com a mudança climática, os valores liberais são afetados e um novo tipo de ideologia totalitária é introduzido, camuflada pelo ecologismo.

"A temperatura global está sendo utilizada pelos mais radicais para apoiar uma maior entrada do Estado e da política na sociedade humana", afirma Klaus, informou hoje o jornal "Mlada Fronta Dnes".

Também critica o que define como "histeria da mudança climática", com a qual se pretende criar alarmismo e medo, com finalidade política.

Klaus diz que o discurso da mudança climática não pretende realmente mudar a temperatura do planeta, mas o comportamento humano.

"Falam sobre salvar o planeta. De quem? De que? Há algo que sei com certeza: devemos salvar o planeta, e nós, deles", escreve Klaus.

O presidente tcheco, também conhecido por suas posições céticas, considera que o aquecimento não é global, nem se deve à ação do ser humano.

Klaus foi o único dirigente que criticou o Prêmio Nobel da Paz dado em 2007 ao ex-vice-presidente americano Al Gore, um dos grandes ativistas na luta contra a mudança climática.

O presidente confessou que escreveu um segundo livro sobre o assunto para gerar uma polêmica que alimente o debate sobre o aquecimento global. EFE ll/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG