Presidente Lula lamenta a morte de Setubal

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, lamentou, através de uma nota enviada à imprensa nesta quarta-feira, a morte do empresário Olavo Egydio Setubal. Setubal foi um dos grandes empreendedores brasileiros do nosso tempo, disse Lula.

Redação |

Segundo o presidente, Setubal "sempre acreditou que era possível construir um futuro melhor e, neste sentido, deu uma importante contribuição ao desenvolvimento do País, especialmente na área financeira", afirmou.

Outras autoridades, empresários e bancos lamentam a morte de Olavo Setubal, do Banco Itaú, que aconteceu nesta quarta-feira. Veja a repercussão:

Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo:

"Olavo Setubal foi um dos grandes prefeitos da história da Cidade de São Paulo. Para todos que militam na vida pública, ele é uma referência, por seu caráter, idoneidade e pela sua formação. Os cargos que ocupou na vida pública, exerceu com muito espírito público e seriedade, seja como prefeito seja como ministro das Relações Exteriores. O Brasil perde um grande homem, um grande empresário, um grande homem público. Quero manifestar também, em nome da Cidade de São Paulo, os sentimentos de solidariedade a sua família."

Fabio Barbosa, presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban):

"O Brasil perde um grande brasileiro, mas fica um exemplo ímpar de profissionalismo, dedicação e valores éticos."

Lázaro de Mello Brandão, presidente do Conselho de Administração do Bradesco:

Olavo Setubal marcou o cenário empresarial brasileiro com excelsa atuação. Deu importante contribuição na área política. Sua morte reaviva reflexões do lastro que engrandeceu nossa sociedade.

Luiz Flávio Borges DUrso, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP)

"Em cada atividade que desenvolveu, tanto na vida pública quanto na empresarial, Olavo Egydio Setubal demonstrou ser um homem com grande capacidade de trabalho, um exemplo duradouro de competência, ousadia e liderança a ser seguido pelas futuras gerações. Foi um homem comprometido com suas raízes paulistanas. Enquanto prefeito de São Paulo (75/79), soube conduzir os rumos da cidade ciente de sua vocação para a grandeza econômica, criando a Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, concluindo a linha norte-sul do Metrô e tendo preocupações ambientalistas. Dizia que herdou do pai, o escritor Paulo Setubal, o amor por São Paulo, que acertadamente afirmava 'apesar de ser fria, dura e cinzenta, era uma cidade que estremecia a alma'.

Como empreendedor, Olavo Setubal deixa um legado de sucessos, na fundação e administração de empresas, e na condução de instituições financeiras, que se expandiram alcançando destaque no plano nacional e internacional. Sem dúvida, sua morte é uma perda irreparável para o país, que reconhece sua contribuição para a construção de um Brasil mais moderno, justo e digno. "

Grupo Santander Brasil:

"Hoje, o Brasil perdeu um expoente profissional da vida política e financeira do País. Olavo Egydio Setubal exerceu papel determinante enquanto banqueiro a frente do Itaú e também como político na gestão da prefeitura de São Paulo e no governo Sarney. Setubal contribuiu muito na evolução do mercado financeiro. O vozeirão forte e frases de efeito vão ficar em nossa memória como referência de perseverança e determinação. O Grupo Santander Brasil manifesta profundo pesar pelo falecimento de Olavo Egydio Setubal e condolências à família pela perda irreparável."

Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP):

"Perdemos um dos nossos mais dignos exemplos de homem capaz de com a mesma ética, coragem, visão empreendedora e força de trabalho , exercer atividades e realizar projetos vencedores, beneficiando o povo e o Brasil, tanto na iniciativa privada quanto na vida pública. Olavo Setubal deixa-nos a certeza de que o seu passado de bons exemplos não pode ser jamais esquecido."

Leia mais sobre Olavo Setubal

    Leia tudo sobre: setubal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG