Sem citar nomes, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, aproveitou um prêmio de educação no Rio de Janeiro para criticar nesta segunda-feira alguns de seus antecessores.

De acordo com Lula, durante seu mandato, o verbo gastar foi substituído pelo verbo investir nas reuniões no ministério da Educação.

Nós tivemos presidentes da República que ficaram mandatos inteiros sem construir uma universidade federal ou uma escola técnica, afirmou Lula durante a entrega do troféu Educador do Ano 2009, da Academia Brasileira de Educação, ao ministro da Educação, Fernando Haddad.

Ricardo Stuckert/PR

Lula, entre Sérgio Cabral e Fernando Haddad, em cerimônia no Rio

Segundo dados do governo federal, desde 2002, 13 universidades federais foram criadas no Brasil. Antes dele, o presidente que mais criara universidades federais havia sido Juscelino Kubitschek ¿ foram dez durante seu mandato.

Em seu discurso, Lula fez diversos elogios ao trabalho de Haddad, ressaltando a implantação e consolidação do Programa Universidade para Todos (Prouni) e a criação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Para o presidente, essas políticas levam a assinatura de diversos educadores brasileiros, não sendo um projeto partidário que poderá ser abandonado com a mudança de governantes.

Não sei se na história desse País a gente já teve tanto pobre fazendo faculdade e, dentro desse grupo, tantos negros, avaliou o presidente. Mudou-se o patamar da Educação no Brasil. Quem assumir depois de você (Haddad) vai ter que fazer muito mais, discursou.

Leia mais sobre: Lula

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.