O presidente Lula participou esta noite em São Paulo do lançamento do projeto de lei que cria o Vale Cultura - mecanismo de incentivo semelhante ao Vale Refeição, e pelo qual cada trabalhador de baixa renda no País deverá receber um cartão magnético no valor de R$ 50 para gastar em espetáculos e produtos culturais. Frente a uma plateia eclética, que reunia gente como os cineastas Luiz Carlos Barreto e Cacá Diegues, as atrizes Bruna Lombardi e Leona Cavalli, o empresário Antônio Ermírio e o crítico Antônio Cândido, o presidente falou longamente de suas preferências e de sua história de formação cultural.

Houve números de Chico César, Zezé Motta (que cantou Xica da Silva, de Benjor), Vítor Ramil, Roberta Sá, do grupo de congo capixaba Amores da Lua, do coral indígena guarnai Tenondé Porã, do cantor Pinduca e apresentação de bailarinos da companhia de dança Ivaldo Bertazzo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.