ditadura da imprensa no Paraguai - Brasil - iG" /

Presidente eleito denuncia ditadura da imprensa no Paraguai

O presidente eleito do Paraguai, Fernando Lugo, denunciou o que chamou de ditadura da imprensa no país, depois do afastamento de seu sobrinho de um cargo na hidroelétrica Yacyretá, em seguida a vários artigos publicados na imprensa que qualificavam sua contratação de nepotismo.

AFP |

"Basta", disse Lugo ao sair do parlamento, onde se negou a conversar com jornalistas.

O sobrinho de Lugo, Angel Maidana Lugo, foi nomeado funcionário, com um alto salário, da represa hidroelétrica que o Paraguai constrói em conjunto com a Argentina. Mas decidiu renunciar hoje ao cargo a pedido do presidente eleito depois de notícias de que o fato representava um "escandaloso nepotismo".

Lugo assumirá a presidência no dia 15 de agosto, e vem sendo alvo de uma intensa crítica por sua "falta de firmeza" e "intermináveis viagens" desde que foi eleito no dia 20 de abril.

hro/du/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG