Três diretores do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS) pediram exoneração de seus cargos neste início de semana. Ontem, a presidente da autarquia, Estella Maris Simon, encaminhou sua carta de exoneração à governadora Yeda Crusius (PSDB).

Hoje, os diretores técnico, Ildo Mário Szinvelski, e administrativo, Helidomar Borba, também entregaram seus cargos em solidariedade a Estella.

A governadora anunciou a nomeação do secretário-adjunto do Planejamento, Sergio Luiz Buchmann, para a presidência do órgão e do funcionário de carreira da Secretaria da Fazenda, Ciro Camiron, para a diretoria administrativa. O nome do novo diretor técnico será divulgado nos próximos dias.

Os motivos que levaram Estella a pedir demissão não foram tornados públicos, mas há indicativos de que ela estaria insatisfeita por encontrar dificuldades para reestruturar o órgão, missão que havia assumido em novembro de 2007, quando a Polícia Federal (PF) descobriu desvios de R$ 44 milhões que teriam sido praticados com a conivência de integrantes da diretoria anterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.