O presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro, desembargador Alberto Motta Moraes, visitou hoje as favelas da Rocinha e do Vidigal, na zona sul da capital fluminense. As duas comunidades foram ocupadas de manhã pelo Exército, que iniciou na semana passada a Operação Guanabara.

Moraes chegou a brincar que as favelas estavam tão tranqüilas com a presença dos militares que pareciam "um colégio de freiras".

No entanto, comentou, ao passar pela Rocinha, o fato de só ver material de propaganda eleitoral de um único candidato a vereador e a prefeito. O desembargador disse que ainda não está decidido se as tropas atuarão no Rio caso haja segundo turno nas eleições. A Operação Guanabara, que tem o objetivo garantir a tranqüilidade dos fiscais do TRE que percorrem localidades de risco e impedir a interferência de criminosos nas eleições, já passou por favelas das zonas norte e oeste.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.