Vítima de um assalto em sua residência quando levou uma facada no abdômen em São Sepé, Região Central do RS, 262 km de Porto Alegre, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), João Luiz Vargas, passa bem e já recebeu alta do Hospital de Caridade de Santa Maria, onde foi medicado na madrugada deste domingo. A casa de Vargas foi invadida no final da noite de sábado, onde três ladrões renderam ele e outras cinco pessoas (sua mulher, duas irmãs, filho e nora) e reviraram todo o interior do imóvel.

Com vários pertences da família, os três delinquentes e um quarto, que os aguardava em um carro, fugiram e foram perseguidos por uma patrulha de Brigada Militar. Dois deles, Fábio Fagundes da Rosa, 29 anos, e Vilmar da Silveira Ribeiro, 24, foram baleados na perna. Conforme o delegado César Renan Rodrigues dos Santos, os dois cumpriam pena no regime semi-aberto e tinham autorização para ficar na rua até o final da tarde deste domingo.

A polícia recuperou uma arma, joias, a camionete de Vargas e outros pertences. Os outros dois ladrões furaram o bloqueio e ainda não foram localizados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.