Presidente do PSDB defende comparação entre governos FHC e Lula

SÃO PAULO - O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), disse nesta segunda que o partido tem orgulho do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e quer compará-lo com a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a campanha eleitoral deste ano.

Valor Online |

Com as declarações, Guerra espera afastar a ideia, disseminada pelos petistas, de que os tucanos tentam esconder o governo FHC. "Não temos nenhum problema em comparar Fernando Henrique com Lula. Faremos sempre que for necessário", afirmou o senador na rede de microblogs Twitter.


Guerra, no entanto, deixou claro que as eleições presidenciais serão travadas entre a ministra da Casa Civil e pré-candidata do PT, Dilma Rousseff, e o governador paulista, José Serra (PSDB). Segundo ele, é preciso comparar a biografia e as realizações dos dois postulantes ao cargo.

"Os jornais já mostram os furos do PAC. Em Pernambuco, só 9% das 725 obras prometidas estão concluídas. E é só esperar. Outros furos serão ainda mostrados país afora", disse o tucano sobre o Programa de Aceleração do Crescimento, considerado pelo governo como uma das principais vitrines da campanha da ministra para suceder o presidente Lula.

"Dessas comparações é que a candidata foge e quer se desvencilhar. Terá sérias dificuldades, quando a campanha realmente começar", acrescentou Guerra. Em viagem à Porto Alegre, Dilma provocou o adversário ao falar que Serra tenta se desvencilhar de FHC porque não teria do que se orgulhar do governo do correligionário.

Em três anos, o PAC recebeu R$ 403,8 bilhões de investimentos, o que representa 63,3% do orçamento de R$ 638 bilhões previsto até 2010.

(Fernando Taquari | Valor)

    Leia tudo sobre: dilmaeleiçãoserra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG