Presidente do Inep deixa cargo após fraude no Enem

O presidente do Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais (Inep), Reynaldo Fernandes, entregou hoje seu cargo ao ministro Fernando Haddad. O Inep é o órgão do Ministério da Educação (MEC) responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e outras avaliações.

Agência Estado |

Fernandes resolveu deixar a presidência da entidade após os episódios que levaram à fraude do Enem e outros problemas ocorridos durante a prova.

Depois que o exame foi finalmente realizado, no início do mês, era dado como certo que funcionários do Inep seriam demitidos. Reynaldo, no entanto, seria mantido no cargo. Porém, ele mesmo tomou a decisão de deixar o órgão. Fernandes é professor da faculdade de economia da Universidade de São Paulo (USP) e estava no cargo há cerca de 4 anos.

O vazamento do Enem foi denunciado pelo jornal O Estado de S. Paulo no dia 1.º de outubro, quando o MEC cancelou o exame. Dois homens tentaram vender ao periódico a prova, que seria aplicada nos dias 3 e 4 de outubro a 4,1 milhões de estudantes. A exoneração ainda será publicada no Diário Oficial e não foi divulgado quem substituirá Fernandes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG