Presidente do BB confirma financiamento de R$ 4 bi para bancos de montadoras

BRASÍLIA - O presidente do Banco do Brasil, Antonio Francisco de Lima Neto, confirmou nesta quinta-feira a criação de uma linha de financiamento no valor de R$ 4 bilhões para bancos de montadoras que sofreram com os reflexos da crise financeira internacional. Segundo ele, R$ 1 bilhão será aplicado nesta semana.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

É uma linha de interbancário com garantia de carteiras, que já está sendo operacionalizada, inclusive.  É um recurso extra no valor de até R$ 4 bilhões para manter o ritmo das vendas neste final de ano. Essa semana provavelmente já colocaremos R$ 1 bilhão. Ontem mesmo já tínhamos operações sendo fechadas, disse Lima Neto.  

O BB receberá como garantia as carteiras de crédito dos bancos das montadoras, voltadas ao financiamento de veículos. O Banco do Brasil, tradicionalmente tem uma boa presença nessa cadeia automotiva. Nós estamos cada vez mais tendo uma presença final na ponta do consumo, no financiamento dos veículos. Isso vem crescendo. O BB ainda não é relevante nessa etapa da cadeia produtiva, de financiamento ao consumo, mas nas demais, sim, e temos ampliado, acrescentou. 

Lima Neto não detalhou os prazos que os financiamento irão começar a ter impactos, mas garantiu que acredita que a linha terá impacto no prazo que os consumidores têm para quitar seus financiamentos. 

Provavelmente sim, terá impacto no prazo (...). Como os bancos de montadoras têm uma fonte de captação deles importante no interbancário, quando secou o interbancário automaticamente eles tiveram de reduzir prazos de financiamento. Com a volta do interbancário a partir do BB é natural que se volte a ter uma melhor acomodação de prazos na ponta do consumo, ressaltou. 

O presidente do BB participa nesta manhã com os conselheiros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) da 28ª reunião plenária, cujo principal tema em discussão será a conjuntura econômica internacional. Além do presidente Lula, participam do evento o ministro da Fazenda, Guido Mantega, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

Leia mais sobre: Banco do Brasil

    Leia tudo sobre: banco do brasilmontadorasvenda de veículos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG