Presidente da OAB pede que CNBB apoie impeachment de Arruda

BRASÍLIA - O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, pedirá que a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) apoie o pedido de impeachment da entidade contra o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda. Britto se encontra nesta segunda-feira, às 16h, com o presidente da CNBB , Dom Dimas Lara Barbosa, para discutir as denúncias de corrupção na cúpula do governo distrital.

Erika Klingl e Rodrigo Haidar, iG Brasília |

Britto e a presidente da seccional do Distrito Federal da OAB, Estefânia Viveiros, enviaram ao Conselho Pleno da entidade pedido de abertura de processo de impeachment contra o governador. Ainda nesta segunda, será escolhido o relator do processo, que deve se manifestar até quinta-feira à noite, quando está marcada a reunião da OAB.

Depois que o relator se manifestar, os conselheiros votam pela abertura ou não do processo de cassação do mandato. Arruda é investigado pela operação Caixa de Pandora, acusado de pagar propina à base aliada com dinheiro público e recursos vindos de empresas de tecnologia. As acusações foram feitas pelo ex-secretário de Estado, Durval Barbosa, que denunciou o esquema em troca de proteção policial e diminuição da pena em caso de condenação judicial.

Caso aprovado pelo Conselho Pleno da OAB, a entidade levaria o pedido para a Câmara Legislativa. O problema é que pelo menos quatro deputados também são citados no inquérito. Por isso, a OAB estuda se o pedido seria encaminhado para a Casa ou para o Tribunal de Justiça.

Presidente da Câmara põe dinheiro na meia:

Escândalo no Distrito Federal

Entenda

Inquérito da PF

Vídeos

Leia também

Crise de 2001

    Leia tudo sobre: arrudacorrupçãodistrito federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG