Entre na sala e participe do bate-papo" / Entre na sala e participe do bate-papo" /

Presidente da Funai participa agora de chat no iG

BRASÍLIA - Dificuldades para retirar não-índios da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, colocaram em discussão a política indigenista brasileira. Responsável por executar ações públicas voltadas para os índios, o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Márcio Meira, participa agora de chat promovido pelo Portal iG, em parceria com a Santafé Idéias. http://wchat.ig.com.br/?101&autoEntre na sala e participe do bate-papo

Redação Santafé Idéias |

A demarcação da área de aproximadamente 1,6 milhão de hectares ao norte de Roraima foi aprovada em 1998, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Em 2005, o presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva homologou a demarcação. Desde então, o governo trabalha para tirar não-índios estabelecidos no local desde os anos 80. Há questionamentos da parte do governo de Roraima, de organizações de agricultores e de movimentos indígenas da região sobre a demarcação.

Entre as ações que tem implementado para possibilitar a saída de não-índios, a Funai negocia o pagamento de indenizações aos ocupantes. Porém, agricultores resistem à idéia de deixar o local. Ligada ao Ministério da Justiça, a Funai apóia a operação de retirada os não-índios pela Polícia Federal, ação interrompida por liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal.

No chat, Meira poderá explicar como funciona a política indigenista praticada pelo Brasil, política esta criticada pelo comandante militar da Amazônia, general Augusto Heleno. Na semana passada, o militar chamou a política brasileira de "caótica" e advertiu que a demarcação da reserva roraimense poderá colocar em risco a segurança do país. Para Meira, o militar estaria "mal informado" sobre essas ações.

Nos próximos dias, o presidente da Funai deve prestar esclarecimentos sobre as política no setor em audiência púbica no Senado Federal. O general Heleno e o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Bazileu Alves Margarido Neto Também foram convidados a comparecer à subcomissão da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado.

Leia mais sobre: Funai

    Leia tudo sobre: funai

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG