bater no parlamento - Brasil - iG" /

Presidente da Câmara diz que esporte preferido dos brasileiros é bater no parlamento

BRASÍLIA - Nem futebol, nem vôlei, o esporte nacional preferido é bater no parlamento. A opinião é do presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), que repassou sua impressão para a presidente da Assembléia Nacional da República da África do Sul, Baleka Mbete.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

Em visita oficial, Mbete questionou Chinaglia sobre o funcionamento do parlamento brasileiro, como é construído o orçamento e a relação que o Congresso tem com a sociedade. De acordo com o petista, Mbete ainda teceu uma série de elogios, o que chegou a incomodá-lo.

"A gente não é acostumado a ser elogiado", disse. "Ela elogiou tanto que eu estava me sentindo quase incomodado", completou.

Mbete, por sua vez, consolou o presidente da Câmara, dizendo que tal esporte também é bastante praticado no restante do mundo e frisou que na África do Sul a situação não é muito diferente.

Reforma tributária

Chinaglia afirmou que pretende instalar a comissão especial que vai discutir a reforma tributária ainda nesta semana. Ele comentou que vai esperar até quarta-feira a indicação dos 23 membros e 23 suplentes, que devem ser feitas pelos partidos.

O impasse, segundo Chinaglia, se dá devido às divergências internas entre os partidos. Ele lembrou que existe uma disputa grande para as indicações, visto a importância da reforma tributária e visibilidade que terão os integrantes.

Sobre o prazo para a tramitação, Chinaglia destacou que o regimento será seguido e que a comissão terá que concluir o relatório sobre a reforma em 40 sessões. "Depois disso, ela [proposta] vai para o plenário".

Leia mais sobre: Chinaglia

    Leia tudo sobre: chinaglia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG