Toni e seu companheiro, David Harrad, vivem juntos há 21 anos; união será registrada amanhã no 6º Tabelionato de Curitiba

selo

O presidente da ABGLT, Toni Reis
Arquivo Pessoal
O presidente da ABGLT, Toni Reis
O presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), Toni Reis, não esperou nem uma semana após a decisão proferida na quinta-feira, 5, pelo Supremo Tribunal Federal , para marcar a união estável com seu parceiro. O STF reconheceu a união estável entre pessoas do mesmo sexo e definiu que o efeito da decisão seria imediato.

Toni e seu companheiro, David Harrad, vivem juntos há 21 anos. A união será registrada amanhã no 6º Tabelionato de Curitiba (PR).

O casal contou com a ajuda de três advogados e precisou passar por quatro cartórios da capital paranaense antes de encontrar um que aceitasse registrar a união estável.

Segundo Toni, eles estão muito felizes e, logo após o registro em cartório o casal levará os documentos para a Vara da Infância e Adolescência com o objetivo de facilitar o processo de adoção. Desde 2005 Toni e David tentam adotar uma criança. Eles esperam que a decisão do STF também facilite esse processo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.