Presidente cobra pacto e diz que não adianta ficar brigando com prefeitos e governadores

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta segunda-feira, que não adianta ficar brigando com prefeitos e governadores e que a idéia do governo federal é pactuar com Estados e municípios.

Agência Brasil |

Ao comentar os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre mortalidade infantil, analfabetismo, sub-registro e agricultura familiar, ele cobrou responsabilidade de cada ente federativo e avaliou que vai ficar tudo mais fácil caso o trabalho seja feito em conjunto.

Sobre o papel dos novos governantes diante dos efeitos da crise financeira internacional, Lula voltou a cobrar dos prefeitos maior agilidade para que as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) sejam concluídas.

Queremos que essas obras sejam agilizadas, que elas possam andar mais rápido porque, muitas vezes, a demora da licença ambiental, do projeto básico e do projeto executivo faz com que uma obra atrase um ano ou dois. É preciso que a gente trabalhe todo mundo junto, disse, em seu programa semanal "Café com o Presidente".

Ele classificou o atual momento vivido pelo Brasil como difícil e afirmou que é preciso gerar mais emprego e mais renda.

Leia mais sobre: Café com o presidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG