Presidenciáveis vão testar popularidade no carnaval

A menos de cinco meses do início da campanha eleitoral, os principais pré-candidatos ao Palácio do Planalto vão transformar o carnaval deste ano em seu primeiro teste de popularidade. A ordem é intensificar a agenda de folia e garantir exposição nas maiores e mais tradicionais festas do País.

Agência Estado |

Na lista de destinos, estão Recife, Pernambuco e Rio de Janeiro.

Decidida a herdar os votos do eleitorado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), tinha até ontem a agenda mais intensa entre os pré-candidatos. Ela abrirá a maratona no sábado, no Recife, aceitando convite do governador Eduardo Campos (PSB) para participar do Galo da Madrugada, maior bloco carnavalesco do mundo. De lá, segue para Salvador, no camarote com o governador Jaques Wagner (PT). Por fim, irá ao Rio, na companhia do governador Sérgio Cabral Filho (PMDB).

Como os três Estados são governados por partidos da base aliada, o comando da campanha de Dilma avalia que essa será a oportunidade para preparar o terreno para o lançamento da pré-candidatura.

Se as fortes chuvas que atingem São Paulo há mais de um mês derem trégua, o governador do Estado e possível candidato do PSDB à Presidência, José Serra, deverá seguir um caminho semelhante ao da rival petista. O tucano confidenciou a aliados que está de olho nos convites que recebeu para prestigiar o carnaval no Recife e em Salvador. Serra vem sendo pressionado pelo tucanato a buscar exposição no Nordeste.

Não está descartada a possibilidade de Serra aparecer no Rio. Ainda assim, o governador deixou claro a aliados que só sairá de São Paulo se estiver certo de que as chuvas não serão problema durante o feriado. Não quer correr o risco de ser fotografado em meio a confetes e serpentinas, se houver qualquer perigo de enchente ou alagamento em seu Estado. Se a previsão for de chuva forte, a agenda deverá se restringir ao Anhembi.

Ciro

Se Serra optar por não viajar, quem poderá fazer companhia a Dilma no Galo da Madrugada é o deputado Ciro Gomes (PSB-CE). Ele aceitou o convite de Eduardo Campos e disse que estará no Recife no sábado. De lá, ele segue para o Rio, onde costuma passar o carnaval ao lado de sua mulher, a atriz Patrícia Pillar.

A única exceção ficou por conta da senadora Marina Silva (PV-AC). Conhecida por sua religiosidade, ela avisou que passará o feriado em casa, em Brasília, com a família. Disse que nunca foi de pular carnaval e não vai mudar de comportamento agora que virou candidata. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG