Prêmio Shell de Teatro divulga indicados do 1º semestre

SÃO PAULO ¿ Foram anunciados hoje os indicados à 22ª edição do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo. A lista é referente às peças que estrearam no primeiro semestre deste ano, segundo a assessoria de imprensa da premiação.

Agência Estado |

O espetáculo "Raptada pelo Raio" recebeu três indicações, melhor Autor (Pedro Cesarino), Cenário (Simone Mina) e Iluminação (Alessandra Domingues).

Fernanda Montenegro foi indicada na categoria melhor Atriz pelo espetáculo "Viver Sem Tempos Mortos" e concorrerá com Betty Faria, por "Shirley Valentine", e Juliana Galdino, por "Comunicação a uma academia". Na categoria Ator, concorrem João Miguel, pela peça "Só", e Eduardo Okamoto, por "Eldorado".

A peça "Querô, Uma Reportagem Maldita" obteve indicações nas categorias Direção (Marco Antonio Rodrigues) e Música (Bruno Perillo). Francisco Medeiros, por "Réquiem", e Rodolfo García Vázquez, por "Justine", também foram indicados ao troféu de melhor Direção.

Para cada edição, são divulgadas duas listas de indicados. Os espetáculos selecionados nesta primeira fase estrearam em São Paulo entre janeiro e junho de 2009 e devem ter o número mínimo de 24 apresentações. Em janeiro serão conhecidos os indicados do segundo semestre e, no início de 2010, os vencedores do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo. Os vitoriosos de cada categoria receberão uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni e uma premiação individual de R$ 8 mil (oito mil reais).

Confira os indicados do primeiro semestre:

Autor:
Eduardo Ruiz por "Chorávamos terra ontem à noite"
Pedro Cesarino por "Raptada pelo raio"

Direção:
Francisco Medeiros por "Réquiem"
Marco Antonio Rodrigues por "Querô , uma reportagem maldita"
Rodolfo García Vázquez por "Justine"

Ator:
Eduardo Okamoto por "Eldorado"
João Miguel por "Só"

Atriz:
Betty Faria por "Shirley Valentine"
Fernanda Montenegro por "Viver sem tempos mortos"
Juliana Galdino por "Comunicação a uma academia"

Cenário:
Daniela Thomas por "Viver sem tempos mortos"
Simone Mina por "Raptada pelo raio"

Figurino:
Gabriel Villela por "Vestido de noiva"
Inês Sacay por "Réquiem"

Iluminação:
Alessandra Domingues por "Raptada pelo raio"
Alessandra Domingues por "Só"
Rodolfo García Vázquez por "Justine"

Música:
Bruno Perillo por "Querô, uma reportagem maldita"
Daniel Maia por "Vestido de noiva"

Categoria especial:
Cia. São Jorge de Variedades pela pesquisa e criação do espetáculo "Quem não sabe mais quem é, o que é e onde está, precisa se mexer"

Leia mais sobre: prêmio Shell

    Leia tudo sobre: prêmio shellteatro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG