Prêmio Portugal Telecom de Literatura anuncia finalistas

SÃO PAULO ¿ Os dez finalistas do Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa 2009, um dos mais prestigiosos do mundo lusófono, foram divulgados nesta quinta-feira (17). Seis escritores brasileiros e quatro portugueses disputam os prêmios no valor de R$ 150 mil, cujos vencedores serão divulgados no dia 10 de novembro.

Redação |

Divulgação

António Lobo Antunes

João Gilberto Noll, com "Acenos e Afagos", Loureço Mutarelli, com "A Arte de Produzir Efeito Sem Causa", e o poeta Eucanaã Ferraz, com "Cinemateca", são os mais cotados, embora António Lobo Antunes tenha grandes chances com "Ontem não te vi em Babilônia".

Os concorrentes foram selecionados por 11 jurados e quatro curadores que, em votação individual, também elegeram o júri final, que será composto por Antonio Carlos Secchin, Beatriz Resende, Benjamin Abdala Júnior, Leyla Perrone-Moisés, Regina Zilberman e Sérgio Sá.

O Prêmio Portugal Telecom de Literatura confere R$ 100 mil ao primeiro colocado, R$ 35 mil ao segundo e R$ 15 mil ao terceiro.

Veja abaixo a lista com os 10 finalistas:

- "A arte de produzir efeito sem causa", Lourenço Mutarelli (romance brasileiro)
- "A eternidade e o desejo", Inês Pedrosa (romance português)
- "Acenos e afagos", João Gilberto Noll (romance brasileiro)
- "Aprender a rezar na era da técnica", Gonçalo M. Tavares (romance português)
- "Cemitério de pianos", José Luís Peixoto (romance português)
- "Cinemateca", Eucanaã Ferraz (poesia brasileira)
- "Heranças", Silviano Santiago (romance brasileiro)
- "Ó", Nuno Ramos (conto brasileiro)
- "O livro dos nomes", Maria Esther Maciel (romance brasileiro)
- "Ontem não te vi em Babilônia", António Lobo Antunes (romance português)

Leia mais sobre: Prêmio Portugal Telecom

    Leia tudo sobre: literaturaportugal telecom

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG