Prêmio Goncourt atribuído ao escritor de origem afegã Atiq Rahimi

O Prêmio Goncourt, o mais prestigioso das letras francesas, foi atribuído nesta segunda-feira ao escritor de origem afegã Atiq Rahimi pelo romance Syngué sabour. Pierre de patience, anunciou o júri.

AFP |

Escritor e cineasta de origem afegã, Atiq Rahimi, de 46 anos, é autor de quatro romances, mas "Syngué sabour" é seu primeiro livro escrito diretamente em francês.

Depois de estudar em Cabul, Atiq Rahimi abandonou o país em guerra em meados dos anos 80 e emigrou para o Paquistão. Mais tarde pediu asilo político na França, onde obteve doutorado na Universidade Sorbonne. Possui dupla cidadania, afegã e francesa.

dch.mc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG