O secretário municipal de Transportes de São Paulo, Alexandre de Moraes, voltou atrás na noite de hoje e autorizou a circulação de veículos fretados na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, zona Sul, local onde se concentram na capital as sedes das grandes empresas do setor de serviços. De acordo com o secretário, os fretados estão autorizados a circular pela região a partir da tarde de amanhã.

AE

Lentidão na Avenida dos Bandeirantes, na zona sul de São Paulo, nesta terça-feira

Para facilitar o trânsito na avenida, propósito da medida que restringiu a circulação dos veículos fretados a 70 quilômetros quadrados, Moraes ainda anunciou a criação de três pontos de parada na Berrini, nos dois sentidos da via. "O objetivo é desafogar o trânsito na região. Esses pontos são necessários devido à ausência de metrô na região", explicou o secretário. Ele também anunciou a criação de um ponto adicional na Avenida Doutor Chucri Zaidan, que é a continuação da Berrini.

Essa não é a primeira vez que a Prefeitura modifica o projeto original da restrição aos fretados no centro expandido da Capital. A mesma mudança já havia sido feita na Avenida dos Bandeirantes, também na Zona Sul da cidade. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), havia dito ontem que o projeto original poderia ser "modificado e aperfeiçoado".

A Prefeitura de São Paulo ainda estuda aperfeiçoamentos das medidas. De acordo com o secretário dos Transportes, a restrição já provocou melhoras no trânsito da capital. Segundo ele, houve uma redução de 70% do trânsito pela manhã na segunda-feira, em comparação com as segundas-feiras de julho de 2008.

Protestos

Usuários de ônibus fretados insatisfeitos com a restrição imposta pela Prefeitura voltaram a protestar no final da tarde de hoje. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), em torno de 400 pessoas se aglomeraram nas imediações da Estação Sumaré do Metrô, em um dos pontos autorizados de embarque e desembarque dos fretados na capital. Os usuários tomaram das 18h30 até as 19h10 os dois sentidos da Avenida Doutor Arnaldo.

Leia mais sobre ônibus fretados

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.