Prefeitura faz ações de prevenção contra a dengue no Rio

Para tentar conter a dengue no Rio de Janeiro, a prefeitura da capital está desenvolvendo ações de prevenção. Neste final de semana o governo municipal prepara vistorias, com distribuição de coberturas para caixas d¿água e palestras. Haverá atividades em Botafogo, na zona sul, Cascadura, Bangu e Colégio, na zona norte, e na de Ilha Paquetá.

Agência Brasil |



A atividade contará também com 500 assistentes sociais que reforçarão as equipes nos postos de saúde da capital. Depois de reconhecer que a violência  impede a abertura dos postos de saúde no Rio durante 24 horas, a Secretaria Municipal de Saúde informa que neste sábado 95 unidades irão funcionar das 8h às 17hs.

Neste domingo, serão 28 postos abertos nesses horários. Sete unidades ficarão abertas 24 horas neste final de semana.

A ampliação do atendimento aos doentes e a abertura de novos leitos são estratégias adotadas pelos governos municipal e estadual para tentar reduzir a letalidade da doença, que já matou 67 pessoas no estado, sendo 44 na capital. Nas últimas semanas, foram abertos leitos em hospitais, tendas e barracas das Forças Armadas.

Ontem, o governador do estado, Sérgio Cabral, abriu mais duas tendas. Uma fica no Parque Ari Barroso, na Penha, e outra no município de Campos, a primeira no interior do estado. A tenda prevista para Angra dos Reis não foi inaugurada devido às chuvas. Já são seis barracas para receber pacientes encaminhados pelos hospitais da rede pública de saúde.

Para evitar que o surto se estenda, as autoridades recomendam o combate à reprodução do mosquito transmissor da doença. O telefone para denúncias de focos é o 0800-60-00-424.

Leia mais sobre: dengue

    Leia tudo sobre: dengue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG