Prefeitura do RJ acaba com monopólio da Liesa no Sambódromo

Rio de Janeiro, 25 ago (EFE).- A Prefeitura do Rio de Janeiro acabou hoje com o monopólio que a Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial (Liesa) tinha para organizar o desfile das agremiações e convocou uma licitação para escolher a empresa que fará o Carnaval 2010.

EFE |

A companhia vencedora será a encarregada de planejar e organizar toda a infraestrutura dos desfiles de 2010, que seguirão a cargo das escolas.

A Prefeitura informou em comunicado que a abertura do processo de licitação responde a uma tentativa de dar "mais transparência" à organização do espetáculo.

A empresa organizadora ficará responsável pelo sistema de som e iluminação, limpeza, segurança, venda de comida e bebida, montagem de estruturas temporárias no Sambódromo e a venda de entradas, tanto nos desfiles dos grupos especial e de acesso A e B e das escolas mirins.

A Liesa pode concorrer ao concurso público que definirá a empresa vencedora e que acontece no dia 9 de outubro, caso apresente um projeto melhor tanto no critério técnico quanto no preço.

Dentro desse ponto, já foi estabelecido que o lucro da venda de entradas deverá ser repartido com as escolas de samba (53%), para direitos autorais (10%) e à Prefeitura (mínimo de 7%). EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG