pulseiras do sexo em escolas municipais - Brasil - iG" /

Prefeitura do Rio proíbe pulseiras do sexo em escolas municipais

Resolução publicada no Diário Oficial do Rio de Janeiro desta quinta-feira proíbe o ¿uso de adereços que expressem insinuações sexuais¿ nas escolas da rede municipal da capital fluminense. De acordo com secretaria municipal de Educação, entre os adereços está a ¿pulseira do sexo¿.

iG Rio de Janeiro |

Feitas de silicone e com diversas cores, as pulseiras do sexo são usadas nos braços das meninas. Cada cor representa um gesto, que pode variar entre abraço e a prática do sexo. Os adereços são arrebentados por garotos e, assim, as meninas têm que cumprir a ação correspondente à cor.

A resolução publicada do DO também proíbe o uso em salas de aula de aparelhos eletrônicos portáteis e boné. O descumprimento das normas pode acarretar em apreensão dos objetos por até dois dias.

Leia também:

Leia mais sobre: pulseiras do sexo

    Leia tudo sobre: escolaescola municipalescolas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG